Há alguns anos, havia uma forte movimentação no mercado com a saída de jornalistas das redações de jornais e revistas para agências de comunicação – o que gerava um intenso trabalho de treinamento e desmistificação contra os preconceitos e vícios enraizados em relação à, naquela época, assessoria de imprensa. Nascia ali o desejo da CDI Comunicação em ter uma agenda ativa que auxiliasse esses profissionais em transição de carreira.

Hoje, com maior amplitude de ferramentas e necessidades de comunicação, o apoio na formação desses profissionais permanece urgente, com a dificuldade de encontrar e promover colaboradores capazes de atender às exigências técnicas, de relacionamento e aos desafios de comunicação de clientes e empresas.

Além disso, recém-formados saem da universidade com boas noções teóricas, mas com pouca ou quase nenhuma vivência em comunicação organizacional, ligada à riqueza consultiva que o nosso trabalho ganhou nos últimos 10 anos. Mais que assessores, hoje, precisamos ser consultores com olhar atento e estratégico a cada movimentação do mercado.

A comunicação é um organismo vivo, em constante transformação, assim, toda pessoa que deseja trabalhar nessa área deve estar em permanente atualização. O capital humano é, e ainda será por muito tempo, tão ou mais importante que a tecnologia quando se trata de comunicação – é o que apontam 94% das organizações brasileiras, de acordo com o estudo “O que esperar da Comunicação Organizacional no Brasil”, conduzido pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial – Aberje.

A CDI Comunicação remodelou a sua marca, reforçou serviços, especialmente em Conteúdo e ESG e, finalmente, afinou processos internos que solidifiquem o valor humano por trás dos negócios. Neste contexto, aquele sonho antigo saiu do papel. No início deste ano, lançamos a Academia CDI. Conscientes de nossa responsabilidade como gestores e multiplicadores de experiências, o projeto de formação e qualificação profissional contínuo criado, em conjunto, pelas lideranças da agência, tem o objetivo de ajudar no desenvolvimento das habilidades técnicas, emocionais e estratégicas para formar talentos dentro e fora da CDI. Acreditamos que empresas e agências também podem ser escolas.

A Academia CDI está alinhada com o entendimento de que organizações precisam ser corresponsáveis ou criar caminhos para desenvolver habilidades importantes para trazer impactos positivos e tangíveis aos negócios de clientes em diferentes áreas. Em parceria com o time de Gestão de Talentos, a formação tem o propósito de equalizar a visão de todo o time sobre o que é estratégico, facilitando a tomada de decisões para que o profissional cresça junto com o mercado. A expectativa é que a Academia CDI abra portas para que os formandos em Comunicação Social possam ter uma visão mais ampla das diversas frentes trabalhadas atualmente na comunicação corporativa nos segmentos das relações públicas, influência digital, conteúdo, treinamento e marketing, com certificação.

A primeira parte do projeto, interna, já está em andamento – os dois primeiros módulos com cerca de 20 horas de duração serão finalizados com os nossos colaboradores até o final de maio. A próxima etapa é expandir para recém formados em Comunicação Social que gostariam de conhecer o dia a dia das agências, aprofundando o conhecimento adquirido na universidade com a possibilidade de visualizarem todo o potencial criativo que as agências de comunicação corporativa oferecem ao mercado. A CDI acredita que iniciativas como essa são replicáveis e fundamentais para que cada empresa do setor possa lidar com o desafio de atração e retenção de talentos e ajudem a garantir a perenidade do nosso mercado.

everton-vasconcelos_cdi-2

Everton
Vasconcelos

Everton Vasconcelos é jornalista, radialista, pós-graduado em Gestão de Marketing e diretor de Atendimento e Conteúdo da CDI ComunicaçãoMais artigos