Apenas 14% dos criadores de conteúdo brasileiros faturam acima de R$2500 com o seu trabalho, de acordo com pesquisa realizada pela Atlantico que entrevistou 5182 creators. Nesse contexto, o papel das agências na profissionalização do mercado de influência foi um dos temas discutidos no 9º Fórum sobre Marketing de Influência.

Larissa Lago, Sócia-Diretora da área de Conteúdo e Marketing Digital da Planin Comunicação, conduziu o painel “Um time para chamar de meu”, que contou com a participação de Egnalda Côrtes, CEO da Côrtes e Companhia e Flávio Santos, CEO da Mfield.

Flávio Santos, CEO da Mfield e Egnalda Côrtes, CEO da Côrtes e Companhia, falam sobre o papel das agências na profissionalização do mercado de influência

Para Flávio Santos, o mercado de influência está em uma constante evolução e ainda é tudo muito novo, ainda mais quando consideramos que as mudanças que possibilitaram essa ascensão dos criadores de conteúdo tem menos de 11 anos. “Eu considero esses formadores de opinião como uma evolução do boca a boca, porque antes você pedia a indicação de onde jantar para um amigo, perguntava para um vizinho sobre a melhor costureira do bairro. Agora você acaba se inspirando e buscando essas referências dentro das redes sociais”, explica Flávio.

O papel dos influenciadores também é considerado por Santos como muito importante, não apenas por inspirar pessoas, mas também pela grande responsabilidade social que eles carregam como formadores de opinião. Levar a informação para grandes grupos de pessoas e a construção de comunidades são os principais pilares da responsabilidade dos criadores de conteúdo na sociedade.

Egnalda Côrtes considera que os creators foram fundamentais no processo de comunicação para trazer o novo, quebrando uma cadeia de informações que era verticalizada. “Hoje nós temos a possibilidade de ouvir várias vozes, de várias culturas, educações. Esse processo de democratização da comunicação é o grande valor que os influenciadores trouxeram para o mercado”, destaca Côrtes.

Segundo Côrtes, o que levou os criadores de conteúdo a se tornarem peças importantes dentro da publicidade foi a autenticidade que eles trouxeram para a audiência, trabalhando com marcas que eles acreditavam e falando de produtos que eles utilizavam.

O papel das agências

Para Flávio Santos, o papel das agências extrapola a função de ser apenas um curador criadores de conteúdo ou um articulador do processo de contato com a marca. Segundo o CEO da Mfield, a principal função das agências é educar os dois lados do processo, marcas e influenciadores.

“Nós temos esse papel de avaliar se existe sinergia entre o influenciador e a marca”, destaca. Para isso, Santos acredita que cabe às agências questionar os creators se eles conseguem encaixar as narrativas do cliente dentro da sua rotina e dos conteúdos que ele produz.

“Temos buscado mostrar para as marcas o que o seu produto tem para agregar a audiência e o que creator tem para agregar na construção daquele storytelling”, reforça Santos. Egnalda Côrtes vê muitas portas sendo abertas mesmo quando é necessário dizer não para as marcas – quando as propostas não se alinham com os influenciadores – mas abrem espaço para o diálogo e a busca por uma solução conjunta que se alinhe aos propósitos da marca e do criador de conteúdo.

Para os participantes do painel, o trabalho das agências na profissionalização do mercado é essencial, pois cabe a elas buscar pessoas que entendam que o marketing de influência é um trabalho que precisa ser tratado com seriedade, apesar da glamourização do papel do influenciador que é difundida na sociedade.

Saiba mais

Quer conferir todos os debates e conversas do evento? O 9º Fórum sobre Marketing de Influência está disponível na integra no canal da Negócios da Comunicação.

Clique aqui para assistir ao 1º dia do evento
Clique aqui para assistir ao 2º dia do evento
Clique aqui para assistir ao 3º dia do evento

 

Oferecimento

logo-com-selo-125-anos-horizontallogo-arcos  nissan-brand-wordmark-rgb-b-pngfa_santander_pv_pos_rgb-fundo-transparente-1

Apoio

agora_logo-fundo-transparente

logo-divihub-horizontal-preto

 nzn-logo-fundo-transparente 

logo-planin-hor_azul-fundo-transparente

ketchum_logo-tagline-01