Os influenciadores digitais estão se tornando destaque para além das telas dos celulares segundo levantamento desenvolvido pela BR Media Group, consultoria líder em marketing de influência. O estudo mostra que as emissoras estão buscando perfis com alta relevância no seu segmento a fim de gerar audiência na TV.

Com a popularização do ambiente digital, a televisão disputa espaço com a internet desde 2003. As redes se tornaram grande fonte de informação e entretenimento, sendo assim, as emissoras precisaram se adequar ao fluxo e incluir também os criadores na programação.

Influenciadores digitais marcam presença nas emissoras de TV

“Os criadores de conteúdo não são escolhidos para participar de um programa apenas pela quantidade de seguidores que o perfil tem, mas principalmente pela relevância que o criador de conteúdo tem no segmento que atua”, comenta Cassiano Barletta, sócio e diretor de Criação da BR Media Group.

Essa é uma tendência que só aumentará no futuro, tendo em vista que as emissoras já estão se esforçando desde 2020 para incluir os influenciadores na programação.

“O BBB é um ótimo exemplo dessa migração do criador de conteúdo do digital para televisão, em 2020 o programa ressignificou e rejuvenesceu trazendo nomes das redes sociais, como Rafa Kalimann, Pyong Lee e Bianca Andrade para participar do reality”, aponta Barletta.

“É um movimento em ascensão que deve refletir ainda mais nos programas de auditório. O público já tem apego pelo influenciador e quer continuar consumindo seu conteúdo”, completa.