Eficaz em manter os profissionais engajados e motivados mesmo em distanciamento social, a Comunicação Interna firmou sua relevância e se tornou protagonista na pandemia com o surgimento de novas tecnologias. Essa tendência deve se manter no presencial, pois a área deixou de ser apenas um setor de informativos e passou a ser vista como uma estratégia.

“Foi através de novas tecnologias e canais direcionados para envolver as pessoas que o setor ganhou protagonismo. Este foi um movimento que vimos crescer especialmente em empresas que valorizam a cultura” afirma Michelle Esteves, responsável pelo Comercial e Marketing da Tibox Innovations.

Para Michelle Esteves, os principais desafios que a Comunicação Interna enfrenta atualmente são as próprias pessoas. “E-mails estão lotando as caixas de entrada dos colaboradores, que por sua vez, acabam deixando de lado aquele comunicado importante para focar nos afazeres. Canais ou portais próprios são bons, porém passivos e pouco relevantes. Plataformas como redes sociais corporativas são ótimas, porém a Comunicação acaba competindo com postagens de outros colaboradores”, conclui.

Novas tecnologias facilitam Comunicação Interna
Novas tecnologias mantém protagonismo da Comunicação Interna (Foto: Pixabay)

 

Comunicação em modo digital

É nesse contexto em que as novas tecnologias se encaixam, a partir da busca por uma Comunicação Interna mais eficaz. “Acredito que por este motivo fomos uma tecnologia muito procurada nos últimos tempos. O Allert é um canal ativo, tanto o Allert Desktop, em que as mensagens da empresa aparecem na tela do desktop sem necessidade de login, quanto o Allert Mobile, com mensagens enviadas diretamente no aplicativo personalizado para a empresa. Esses meios geram o máximo engajamento com o comunicado e ajuda a potencializar outros canais”, explica Michelle.

De acordo com Michelle Esteves, a implantação de novas tecnologias foi intrínseca na difusão da Comunicação Interna de diversas empresas, melhorando o alcance e promovendo maior envolvimento dos colaboradores.

“Temos como exemplo um importante cliente, Ocyan, líder em óleo e gás no Brasil, que estava com dificuldade para distribuir a pesquisa do Great Place To Work (GPTW) e após a implantação do Allert Desktop, eles tiveram adesão de 80% na pesquisa em menos de 24 horas. Foi uma conquista em tempo recorde para o time de Comunicação da empresa”, comemora.

Na experiência de Michelle Esteves, poder enviar diferentes tipos de comunicados oficiais para todos os setores da empresa em somente uma plataforma é vantajoso. “A empresa Wood Plc, líder mundial em óleo e gás, está implantando o Allert Mobile e tem como meta eliminar as mensagens via e-mail. Através do aplicativo, é possível fazer o envio de diversos tipos de comunicados oficiais, integrando outros canais e outras plataformas no mesmo lugar. Isso ajuda muito o público offshore, que tinha dificuldade em acessar e-mail e lembrar informações de login e senha”, afirma.