apresentacao_institucional_hope_20201024_15
Prêmio Influenciadores Digitais 2020 e 7º Fórum sobre Marketing de Influência irão promover campanha pela Casa Hope para arrecadação de recursos a partir de outubro

 

5º Prêmio Influenciadores Digitais e o 7º Fórum sobre Marketing de Influência farão campanha pela Casa Hope em 2020. Os eventos do núcleo de marketing de influência do Cecom – Centro de Estudos da Comunicação, promovidos em parceria com a Plataforma NC, serão realizados nos dias 26, 27, 28 e 29 de outubro de forma totalmente online.

Desde que deu início a sua plataforma de eventos, há dez anos, o Centro de Estudos da Comunicação nunca hesitou em divulgar causas sociais e estimular a solidariedade. “Divulgar trabalhos do bem e em prol da sociedade sempre foi uma das nossas preocupações no Cecom. Sabemos do poder da comunicação e ela é fundamental para o sucesso das empreitadas do terceiro setor”, aponta Márcio Cardial, diretor geral do Cecom e publisher da Negócios da Comunicação.

Novo formato

A Casa Hope é uma das entidades que vem sendo apoiadas pelas iniciativas do Cecom nos últimos anos e foi a escolhida para ser o foco de auxílio no ano de 2020. Com o novo formato dos eventos, em decorrência da pandemia do novo coronavírus e do isolamento social, a escolha foi de promover uma campanha online embasada pelos fóruns e prêmios que serão promovidos ao longo deste ano.

“A campanha pela Casa Hope terá início no dia 1º de outubro, encabeçando o 5º Prêmio Influenciadores Digitais e o 7º Fórum sobre Marketing de Influência. Temos o desejo que influenciadores e profissionais de marcas e agências apoiem uma causa importante que é o combate ao câncer infantil e se envolvam nessa campanha junto com o Cecom e a Casa Hope”, explica Cardial.

Grupo de risco

O público atendido pela Casa Hope é o mais vulnerável frente a pandemia do novo coronavírus. São crianças e adolescentes com câncer e transplantados e o tratamentos deles não podem esperar a pandemia passar, como explica Tatiana Caneloi, gerente de comunicação e marketing da entidade. “Tivemos que nos readequar para continuar oferecendo nossos serviços de forma segura durante a pandemia: maior esforço da equipe de colaboradores, mais gastos com materiais de higiene e limpeza, maior demanda de máscaras descartáveis triplas, álcool em gel e álcool 70%, mudanças na forma de realizar atendimentos antes presenciais para a forma online, capacidade de acolhimento reduzida devido à necessidade de isolamento social”, enumera Tatiana.

Tais fatores implicaram no aumento dos gastos mensais e, em contrapartida, por conta do cenário não favorável da economia, muito dos doadores mantenedores suspenderam as doações. Fato que tem gerado um déficit de 100 mil reais no orçamento mensal de 600 mil reais da entidade. “Todas as despesas mensais já são bem justas devido à dificuldade que já estávamos enfrentando com a crise econômica, o que não nos possibilita mais nenhuma redução sem que impacte no atendimento oferecido”, explica.

Adote um leito

Para apoiar a entidade neste momento, a arrecadação promovida pelo Cecom visa o apoio a campanha “Adote um leito” da Casa Hope, tendo como meta inicial o valor de 30 mil reais. A quantia corresponde ao custo de um leito durante um ano inteiro pela instituição.

“O valor garante a manutenção da permanência de 1 pessoa (paciente ou acompanhante) na casa pelo período de um ano, recebendo todos os serviços oferecidos pela instituição: moradia, alimentação, medicamentos, transporte, assistência social, assistência psicológica, terapia ocupacional, cursos de capacitação profissional, escolarização, festas comemorativas, passeios culturais, educação à saúde”, enumera Tatiana.

Todos esses serviços permitem que esse paciente dê continuidade ao seu tratamento nos hospitais de São Paulo com dignidade, segurança e acolhimento. Sem o apoio da Casa Hope, muitos desses pacientes abandonariam seus tratamentos por não terem condição de se manterem na cidade para essa finalidade.

apresentacao_institucional_hope_20201024_9

Meta

“Estamos confiantes de que iremos multiplicar nossa meta inicial ao longo dos eventos. A campanha pela Casa Hope terá início agora em outubro. E terá continuidade de ciclos nos próximos eventos de nossa agenda, se encerrando no primeiro trimestre de 2021, com o Prêmio Microinfluenciadores Digitais“, diz Cardial.  Segundo ele, o apoio dos influenciadores será fundamental para o sucesso da empreitada, como endossa Tatiana.

Ela aponta que ter um ou mais influenciadores apoiando causas sociais significa mais pessoas se identificando com a ação. Já que os seguidores desses influenciadores sentem que podem de verdade fazer algo em prol da causa defendida, seja com o poder da união entre todos eles ou individualmente. Já que geralmente tratam-se de ações que pessoas comuns podem fazer, não ações gigantescas e ensaiadas como as que aconteciam antes da era dos influenciadores digitais.

“Por mais que julguem pessoas que “doam” e divulgam como pessoas que querem se promover, não acreditamos que seja só isso, pois ao compartilhar o ato de apoio ou doação, essa pessoa está estimulando tantas outras a fazerem o mesmo, e para as causas sociais isso é muito importante”, reforça Tatiana”.

Saiba mais

  • Para mais informações sobre o Fórum sobre Marketing de Influência, clique aqui.
  • Para conhecer os 6+ relevantes influenciadores digitais e votar no Prêmio Influenciadores Digitais 2020, clique aqui.
  • Para saber mais sobre a Casa Hope e doar, clique aqui.
  • Para comprar uma camiseta “Eu abraço essa causa” e auxiliar na campanha emergencial, clique aqui.