Muitos empresários, CEOs e diretores reclamam da falta de engajamento e senso de dono dos colaboradores, e mais do que isso, não sentem motivação para investir em Gestão de Clima. Por muitos anos, a liderança focou apenas nas vendas, lucro e tecnologia para trazer mais produtividade e resultados financeiros para empresa — o que é muito importante -, mas esqueceram do principal ativo da empresa, o que faz de fato o negócio acontecer: as pessoas. São elas que giram a engrenagem e que entregam seu produto ou serviço ao cliente.

Uma pesquisa realizada pela Great Place To Work em 2021, mostrou que 46% dos colaboradores permanecem nas empresas quando possuem oportunidade de crescimento. Apenas 13% responderam que continuam pela remuneração e benefícios. Não há salários e benefícios que cubram um bom ambiente de trabalho. Nesse caminho, a liderança precisa entender a importância de estabelecer um bate-papo contínuo com transparência, empatia e trazer significado para qualquer trabalho realizado. Uma comunicação eficiente minimiza inseguranças, traz engajamento e vontade própria para empresa inteira. Acompanhe a seguir as dicas de como fazer isso:

1. Crie uma Cultura voltada para pessoas

Uma cultura voltada para pessoas traz espontaneidade. Faz o colaborador sentir parte de algo significativo e dá sentimento de legado. Os egos ficam sob controle, porque existe um objetivo comum. Consequentemente, a produtividade cresce e os consumidores ficam felizes;

2. Tenha um propósito que construa uma sociedade melhor

O propósito é o fio condutor em tudo: pessoas, processos, decisões. Ele é a razão de existir da empresa, e muito mais que isso, é a missão que a empresa precisa cumprir desenvolvendo uma sociedade melhor, gerando prosperidade e felicidade. O colaborador quando sente que está dentro de algo maior, desperta sua gratidão, consequentemente veste a camisa todos os dias, e passa a jogar lado a lado com a empresa, comemorando cada conquista e compartilhando derrotas;

3. Estabeleça a Visão da sua empresa

É o direcionamento da empresa, e principalmente quais são os passos que ela precisa dar para alcançar este objetivo. Estabeleça metas para alcançar a Visão, porém mais importante do que ter metas é compartilhar com o time em encontros mensais, TV Corporativa, e-mail ou outros canais que atendam melhor os colaboradores. Eles precisam ter acesso fácil a estes resultados;

4. Respire os valores

Os valores precisam ser demonstrados nas atitudes no dia a dia, principalmente na liderança. Caso contrário, cai no descrédito. Eles são expressos na forma como a empresa se comporta e interage com clientes, fornecedores e com seu time, por exemplo;

5. Desenvolva uma Liderança humanizada

Ao incentivar uma liderança humanizada os egos ficam sob controle pois existe um objetivo em comum. Como fazer isso? Envolva os líderes em treinamentos e práticas que desenvolvam a sua empatia, segurança psicologica, gratidão e escuta ativa. Evite aqueles treinamentos motivacionais, que falam apenas de meta, produtividade. O líder precisa compreender sua missão junto a equipe, de cuidá-la, formá-la, e não apenas cobrar resultados. Ao servir os membros de sua equipe, eles retribuirão se empenhando com trabalho;

6. Crie a rádio peão do bem

Monte um grupo de até dez pessoas e leve assuntos críticos e novidades, escute atentamente cada opinião, pois até a mais simples é importante. Faça relatórios, apresente à liderança, mostre como a informação está chegando na ponta. Você também pode utilizá-los para disseminar as verdades sobre determinados assuntos, essa á a rádio peão do bem. Em cima das ideias crie processos e ações para que eles se sintam cada vez mais importantes e próximos, e essa relação só tende a crescer;

7. Estabeleça proximidade com o CEO ou Fundador

Uma liderança executiva sem interatividade só distancia os colaboradores da cultura da empresa. E vai por mim, eles sentem falta de vê-lo. Crie rotinas como café da manhã, almoço, mas estimule um bate-papo informal, coloque no roteiro contar sobre seus objetivos pessoais, família, sonhos, desafios. Peça aos participantes para mandarem as perguntas antes, pois na hora eles podem travar e ficar tímidos;

8. Tenha um plano de comunicação interna claro

É preciso mostrar o que se fala e como se fala. Crie um plano de comunicação claro em que os colaboradores sintam parte dele. Crie editoriais e templates para os comunicados e conte para todos o que cada um vai abordar. Seja claro e fiel a periodicidade. Aproveite as datas sazonais para reforçar os valores da empresa, crie campanhas humanizadas, nada de banco de imagens e mostre os colaboradores, seu hobby, sua família;

9. Cuide da qualidade de vida dos seus colaboradores

Você sabe o nível de felicidade e como está a saúde física e mental dos seus colaboradores? Crie rotinas para saber disso. Faça blitz de saúde para saber quais colaboradores estão com sobrepeso, realize pesquisas de Felicidade, crie rotinas de convivência com ginástica laboral, meditação, ofereça conteúdo e conscientização da importância de uma alimentação mais natural, entre outros;

10. Desenvolva processos com base nos valores da empresa

Fazer um mapeamento e trabalhar na melhoria dos processos traz grandes resultados para a empresa. Escolha quais projetos são prioridades, coloque um líder, estipule um prazo e convide líderes de outras áreas para participar na elaboração. Acompanhe e avalie sempre os resultados. Corrija e faça as adaptações necessárias sempre. É na diversidade de pessoas e opiniões que obtemos as melhores ideias e resultados. Certifique-se de que os membros da equipe associam suas tarefas ao propósito mais elevado da organização.

Uma vez que se estabelece essas ações, a informação pode ser dirigida levando em consideração primeiramente as pessoas. Ter uma comunicação eficiente minimiza a rádio peão, traz engajamento e vontade própria. Você está pronto para embarcar nessa?