nota-3

Estratégia digital envolve estreitar relação de parceria com influencers para mostrar vantagens de nichos cada vez mais específicos, como arquitetura

Hoje, marcas de produtos e serviços de variados segmentos tomam decisões baseadas em suas estratégias digitais. No entanto, para algumas empresas de nichos ainda mais específicos, fortalecer laços com influenciadores ou microinfluenciadores se torna fundamental e parte do dia a dia.

Este será um dos temas discutidos no 8º Fórum sobre Marketing de Influência e do 3º Prêmio Microinfluenciadores Digitais, que será realizado no dia 6 de março, de forma 100% digital, das 9h às 19h.

Influência e marca

Quando decidiu criar um canal no YouTube, em 2017, a proprietária da Doma Arquitetura, Patrícia Pomerantzeff, sabia que não seria fácil. Por isso, desde o início, tratou sua participação nas redes sociais como um trabalho diário. E não demorou a virem os frutos.

“Nossa primeira parceria foi após seis meses de criação do canal”, conta. “A marca estava interessada no conteúdo realmente, não apenas em expor a marca. Isso foi incrível na época, pois percebi que seria possível investir mais tempo e qualidade naquele conteúdo genuíno. Ser influencer para mim foi natural, continuei fazendo o que já fazia há anos: criar projetos e executar obras, mas, dessa vez, compartilhando nas redes esse dia a dia e sendo remunerada para isso.”

Patrícia percebeu que não é possível separar o universo das redes daquele em que desenvolve o trabalho da Doma, o que aumenta sua responsabilidade ao mesmo tempo que chama a atenção de marcas. “Sempre tivemos um posicionamento firme de não criar simples anúncios, nossa intenção sempre foi compartilhar experiências e boas soluções, usando produtos que realmente estão presentes no nosso dia a dia e confiamos”, comenta Patrícia. “Hoje em dia temos ainda mais liberdade de criar, pois as marcas já conhecem bem nossa postura e isso facilitou bastante com o passar do tempo.”

Marca no dia a dia

Uma dessas parcerias se refere àquela com a empresa Tarkett, de pisos e revestimentos. “Temos uma parceria de muito sucesso com a Doma Arquitetura”, avalia a gerente de marketing América Latina da Tarkett, Bianca Tognollo. “Começamos em 2017, desenvolvendo uma websérie para YouTube na qual a Patrícia entrevistava outros profissionais da área, mostrando ambientes diferentes e suas soluções de decoração. Queríamos levar inspiração aos consumidores, com um bate-papo de profissional para profissional.”

A websérie alcançou quase 1,5 milhão de visualizações com crescimento orgânico. “A partir daí, trabalhamos em diversas ações, como lançamentos e testes de produtos, eventos, patrocínios de obras, entre outras.”

Esse tipo de posicionamento segue uma estratégia de apostar no influenciador para que ele chegue ao nicho de usuários daquele produto, afinal de contas eles que o utilizarão no dia a dia. “Esse profissional é que tem credibilidade para falar de projeto, de inspiração, não o fabricante”, aponta Bianca. “Quando escolhemos influenciadores, buscamos trazer credibilidade para o uso dos nossos produtos em um contexto, ou seja, o piso em uma decoração como um todo.”

Microinfluenciadores

“A partir do momento em que as marcas começam a entrar em contato, a gente percebe que o trabalho pode render outros frutos também”, comenta a microinfluenciadora Amanda Tribes, que administra o perfil Apartamento 203 A. Ela está entre os três mais relevantes do 3º Prêmio Microinfluenciadores Digitais na categoria Arquitetura e Urbanismo. “Hoje, eu trabalho com algumas agências, já outras marcas preferem tratar diretamente, com permuta. Mas sempre focamos em algo que a gente precise para nossa casa ou tenha a ver com a gente. A gente se importa muito em passar nossa impressão sobre coisas que a gente realmente usa.”

No caso de Jamile Matar, que administra o Apê casal 20 e também está entre as três mais relevantes do prêmio, ela ainda não conseguiu extrair dinheiro com ações do perfil, mas marcas já procuraram a página para realizar ações por meio de permuta. “Penso muito em ter um relacionamento com marcas”, diz. “Quero cada vez mais me dedicar ao conteúdo do nosso Instagram e fidelizar nosso público.”