A audiência do serviço de streaming da Tastemade foi de 386.5 mil para 611.4 mil horas assistidas em 2021. A meta para 2022, segundo Bruno Gomes, Head de Vendas e Parceria de Marcas da Tastemade no Brasil e LatAm, é fidelizar esse público e ampliar o catalogo no setor para gerar mais engajamento.

A vantagem em adotar a plataforma de streaming é a possibilidade de entregar um conteúdo mais longo e completo ao público.

“Essa foi uma das grandes mudanças ao adotarmos essa plataforma, pois ao invés de criarmos conteúdos de 30 segundos ou 5 minutos , investimos em formatos de 22 minutos, uma diferença enorme. Além disso, outra grande vantagem do streaming é que essa ferramenta dá a opção ao telespectador de assistir o que quiser, quando quiser”, explica Bruno Gomes.

Bruno Gomes, Head de Vendas e Parceria de Marcas da Tastemade no Brasil e LatAm (Foto: Divulgação)
Bruno Gomes, Head de Vendas e Parceria de Marcas da Tastemade no Brasil e LatAm (Foto: Divulgação)

Maior alcance, novo público

O streaming permite a entrega de uma experiência diferente para a audiência, o que também incentivou a adoção da plataforma.

“A maior parte do consumo de streaming vem das televisões, que é uma tela bem maior, é outra experiência. O resultado, além de um crescimento enorme do consumo do nosso conteúdo, foi que trouxemos um novo público que não conhecia a Tastemade”, afirma Bruno Gomes.

De acordo com o especialista, possuir um canal no streaming – que no Brasil está disponível na Samsung TV Plus, LG e Pluto TV – foi o caminho encontrado para consolidar a imagem da Tastemade no Brasil.

“Nossa meta para 2022 é trazer cada vez mais conteúdos de qualidade, não só de cozinha e gastronomia, mas também séries divertidas, de viagem, decor e lifestyle. A estratégia é ampliar o nosso catálogo de séries em todas as plataformas, e além disso trazer mais receitas práticas e outras mais elaboradas para agradar aqueles que já são experts”, conclui.