influenciadores-internos
Influenciadores internos sempre existiram nas companhias, mas hoje tornou- se mais fácil identificá-los pelas redes sociais e pela sua atuação dentro da equipe

“São essenciais tanto na marca empreendedora, quanto na questão interna do engajamento. Nada como colaboradores para divulgar nossos produtos, principalmente nesse cenário de pandemia, e levar isso para o público externo”, diz Angélica Rodrigues, coordenadora de Experiência do Colaborador da Air Liquide.

Angélica participou do debate “Como encontrar influenciadores internos?” durante o Fórum Empresas que Melhor se Comunicam com Colaboradores, promovido pela Plataforma Melhor RH, em parceria com a Negócios da Comunicação, ao lado de Fernanda Dabori, CEO da Advice Comunicação Corporativa, e Mariana Augusto, gerente Sênior Comunicação da Arcos Dorados Divisão Brasil.

Quem são eles?

O influenciador consegue movimentar a equipe ao seu redor e divulgar campanhas e ações da companhia nas redes. Apesar de hoje existir uma série de ferramentas digitais para facilmente mapear curtidas e engajamento, o influenciador interno tem um peso diferenciado. “É aquele colaborador que carrega os valores da companhia, que envolve as pessoas ao seu redor”, reforça Fernanda, da Advice.

Compreender que há diferentes níveis de influenciadores é fundamental, sobretudo para que a comunicação seja efetiva. “Temos instâncias de influenciadores”, explica Mariana Augusto, gerente Sênior Comunicação Arcos Dorados Divisão Brasil . Isso porque tudo depende da rede social a que o colaborador pertence. Alguns são top voices no Facebook, outros no Linkedin ou Instagram. Assim como há os influenciadores com grande relevância interna no aplicativo da companhia.

Como identificar influenciadores internos?

“Temos um grupo de Mc Influenciadores. São os que queremos manter próximos, e também vamos identificando por conta dos consultores de RH espalhados pelo Brasil”, conta Mariana. Outra forma de identificar o influenciador interno é por indicação dos próprios pares. “É preciso pensar quem estamos querendo colocar nesse patamar”, ressalta Fernanda.

Os influenciadores também aparecem de forma genuína. “Abrimos um canal para que os colaboradores possam se voluntariar e lançamos recentemente uma pesquisa de engajamento”, conta Angélica, da Air Liquide, que também possui o programa My Voice, que repercute a voz dos colaboradores por todos os canais da companhia.

Comunicação mais efetiva

Os influenciadores internos levam a comunicação corporativa para o público de forma muito mais efetiva. “É muito legal que se voluntariem de forma genuína. E o que elas fazem? Nada mais do que engajar o público”, diz Angélica.

Fernanda aponta que a humanização no período de pandemia foi muito importante. E para a comunicação interna, transformar esses colaboradores em protagonistas tornou as ações muito mais palpáveis. “Tínhamos um lançamento de produto e, por não poder fazer um evento físico, decidimos eleger algumas pessoas para a cobertura online. Mas, como encontrá-las? Por que não deixar os próprios colaboradores escolherem? São formas de conquistar a participação de todo mundo”, explica.

Saiba mais

O Fórum Empresas que Melhor se Comunicam com Colaboradores é um co-branding entre as plataformas Melhor RH e Negócios da Comunicação. Quer conferir todos os debates e conversas do evento?

Clique aqui para assistir a live do 1º dia do evento
Clique aqui para assistir a live do 2º dia do evento

patrocinadores-emcc

Fonte: www.melhorrh.com.br