A Arteris, uma das maiores companhias de concessões rodoviárias do País, venceu o Prêmio Aberje 2017, com o case Gaudí Tour como melhor ação nacional de Comunicação de Programas, Projetos e Ações Culturais.

O evento de premiação aconteceu na noite do dia 22 de novembro, em São Paulo, e reconheceu as melhores práticas da área de comunicação empresarial brasileira. A Aberje é uma organização que tem o objetivo de fortalecer a comunicação nas empresas e instituições.

A companhia levou a exposição do arquiteto espanhol Antoni Gaudí para Florianópolis (SC), em parceria com o Instituto Tomie Ohtake e com o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), em agosto de 2016. Para promover a mostra, o Grupo realizou um projeto de tour virtual à Barcelona, em que os visitantes tiveram a oportunidade de participar de um passeio em um ônibus caracterizado, com óculos de realidade virtual. Com o Gaudí Tour, os visitantes puderam conhecer as obras do artista e tiveram a sensação de realmente estarem na cidade espanhola – foi possível apreciar as incríveis obras e edifícios históricos projetados por Gaudí, como a Basílica Sagrada Família, o Parque Güell e a Casa Milà.

“A conquista do Prêmio Aberje 2017 nos traz muita satisfação. É o reconhecimento do sucesso da estratégia de responsabilidade social do grupo, de promover o acesso à cultura às regiões onde atuamos, associada à estratégia de marketing, que tem na inovação um de seus principais pilares de relacionamento com os nossos públicos de interesse”, afirma Alessandra Vasconcelos, Diretora de Comunicação, Marketing e Sustentabilidade.

Essa iniciativa promoveu a experiência da visitação às obras de Gaudí por meio do passeio no ônibus turístico e com uso de realidade virtual. “A área de comunicação da Arteris vem trabalhando continuamente para desenvolver ações inovadoras para comunicar seus projetos”, completou Alessandra.

Os tours realizados alcançaram lotação máxima, com uma média de visitantes diários de 830 pessoas. Além disso, a ação também teve expressiva repercussão na mídia e nas redes sociais. De agosto de 2016 a abril de 2017, período em que a exposição e o Gaudí Tour foram divulgados online, foram mais de 50 mil curtidas e três mil compartilhamentos nas redes sociais. No mês de agosto, a exposição em Florianópolis também foi o principal assunto repercutido pela mídia local em relação à Arteris.

Além da exposição de Antoni Gaudí, que também esteve uma temporada em São Paulo, a Arteris apoiou em 2014 a exposição de Salvador Dalí no Rio de Janeiro e em São Paulo. No ano seguinte, foi a vez de obras de Joan Miró serem expostas no país com o apoio da empresa, em São Paulo e Florianópolis. A mostra foi celebrada pela imprensa catarinense como a primeira grande exposição da capital catarinense nos últimos sete anos.

A exposição 
Com trabalhos oriundos do Museu Nacional de Arte da Catalunha, Museu do Templo Expiatório da Sagrada Família e da Fundação Catalunya-La Pedrera, a exposição reuniu 111 obras, entre elas 46 maquetes, quatro delas em escalas monumentais, e 25 peças entre objetos e mobiliário criados pelo mestre catalão. Completaram a mostra cerca de 40 trabalhos de outros artistas e artesãos que compunham a vanguardista cena de Barcelona nos anos 1900.

Além de patrocinar a exposição, a Arteris também promoveu sessões para públicos especiais, além de oficinas de arte. A iniciativa é uma prática do Grupo na promoção da inclusão social por meio da arte, proporcionando o acesso para pessoas com deficiência física e mental, além de idosos e crianças atendidas pelo Projeto Escola Arteris.