O Grupo Estado, um dos publishers mais tradicionais do país, e a Teads, inventora dos formatos em vídeo outstream e marketplace nº1 em vídeos no mundo (segundo a ComScore), anunciam uma parceria exclusiva. As empresas se unem, a partir do segundo trimestre, para ampliar a distribuição de publicidade em vídeo nativo no veículo – um dos principais meios de informação do país.

Com a utilização do formato inRead, publicidade entre parágrafos editoriais, a Teads espera contribuir para ampliar o inventário monetizado do grupo, bem como expandir a possibilidade dos anunciantes impactarem seus públicos-alvo. A tecnologia da empresa realiza uma entrega contextualizada, além do formato proporcionar um engajamento efetivo com as marcas.

Com esta parceria, o Grupo Estado e a Teads seguem ampliando a bandeira do green advertising no Brasil, oferecendo um formato de vídeo nativo não invasivo para o usuário, reduzindo os níveis de fraude, aumentando as taxas de viewability (formato visto em tela) e praticando o ‘no reselling’.

“As parcerias exclusivas com publishers premium agregam valor para nossa empresa perante o mercado. Depois de firmar esses acordos com a Editora Abril e Lance no início deste ano e trazer o Grupo Estado para nosso portfólio, tivemos um  crescimento de 45% do nosso inventário”, Fabricio Proti, diretor executivo da Teads no Brasil.

A aliança entre Teads e o Estadão irá englobar os principais portais da empresa, como o Estadão Online, Paladar, E+ e Jornal do Carro. Sendo um dos grandes veículos do país, O Estado de S. Paulo agrega ao inventário da Teads, categorias como notícias, economia, negócios, cultura, auto, esporte e gastronomia. Paulo Arruda, Diretor de Publicidade Digital do Grupo Estado, reconhece a importância da parceria. “Buscamos sempre melhorar nossos serviços para os leitores, nas área de conteúdo, funcionalidades e publicidade. Esta aliança nos permite aprimorar a oferta de publicidade do nosso inventário, além de melhorar a qualidade da publicidade online, valorizando a experiência do usuário ao navegar pelos nossos conteúdos”, comenta.

Paulo Arruda, diretor de Publicidade Digital do Grupo Estado, ressalta que investir no mercado de publicidade digital, que tem crescido consideravelmente no pais, gera um alto engajamento para quem anuncia. “Dessa forma, estamos atrelando conteúdo extremamente relevante, como é o que o Estadão produz, junto com uma publicidade inovadora”. Para o executivo, apesar de haver outros players no Brasil, o Estadão optou pela parceria com a Teads pela proposta que ela apresentou de publicidade nesses formatos ser extremamente valiosa e por ter investido pesado no time comercial. “Essa parceria é muito boa porque nós priorizamos muito o conteúdo e a sua distribuição. E o modelo da Teads veio para nos auxiliar porque era algo que não tínhamos, possibilitando o desenvolvimento da publicidade digital no Brasil e melhorando a experiência do leitor, já que temos um índice de reclamação zero desse tipo de anúncio”, completa Arruda.

Crescimento orgânico

Em relação a 2015, a Teads registrou alta de 300% e o seu negócio programático continua evoluindo em paralelo à crescente demanda de compra de publicidade automatizada. Por esta razão, a companhia espera outros acordos de exclusividade que contemplarão novos publishers. “Prevemos novos acordos de exclusividade, que trarão mais conteúdo premium, novas categorias e alta cobertura geográfica em todo Brasil”, comemora Fabricio.