cp

A décima edição da Campus Party Brasil chegou ao final depois de mais de 750 horas. Entre os destaques, teve a presença do cofundador do Netflix, Mitch Lowe, da cientista brasileira, Duilia F. de Mello, do muralista Eduardo Kobra, do desenvolvedor de games Grayson Chalmers, entre outros.

“Estamos muito contentes com o resultado desses mais de nove meses de trabalho. Tivemos um retorno bastante positivo dos campuseiros que lotaram os palcos e participaram intensamente de todos os workshops e atividades propostas. Além disso, buscamos com sucesso nessa edição uma maior proximidade com os campuseiros, por meio de campanhas nas quais eles sugeriram conteúdos que entraram na programação oficial”, explica Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party Brasil.

A CPBR10 também foi marcada pelo empreendedorismo. 160 startups participaram do programa Startup&Makers cujo objetivo é impulsionar e capacitar jovens talentos e empreendedores. De áreas distintas como, agronegócio, comunicação, educação, entretenimento, finanças, tecnologia, saúde e varejo, foram selecionadas e tiveram a oportunidade de apresentar seus produtos, encontrar talentos, testar mercados, aprender e ensinar para um público qualificado e ávido por curiosidades. Além disso, receberam mentorias, coaching e tiveram a oportunidade de conversar com investidores e diretores de grandes empresas presentes no evento fazendo negócios.

A Open Campus, espaço gratuito e aberto ao público também foi um dos destaques dessa edição. “Dedicamos muita atenção para esse espaço pois acreditamos que ele é uma vitrine para futuros campuseiros. Ainda não temos o número fechado de pessoas que estiveram presentes nos quatro dias de funcionamento da área, mas pelas estimativas, batemos o público esperado de 80 mil pessoas”, complementa Tonico.

Vale destacar ainda, que a Campus Party fechou uma parceria com a Prefeitura de São Paulo para ajudar as pessoas que estão em situação de desabrigo. Os campuseiros que tiverem interesse poderão doar suas barracas que serão encaminhadas para a programas de assistência da prefeitura.

Confira abaixo os principais números da Campus Party Brasil 2017


– Total de campuseiros:
 8.000

– Barracas: 6.500, sendo 6 mil simples e 500 duplas

– Média de idade e sexo dos participantes:

Entre 18 e 29 anos – 60%

Mulheres – 40%

Homens – 60%

 

– Atividades:

Mais de 750 horas de conteúdos.

 

– Produção e Tecnologia:

Área total do evento – 77.700m²

Cabos de rede – 60.000 metros

Cabos de fibra ótica – 80.000 metros

Mais de 8 mil pontos de rede

Velocidade da internet – 40 GBps

Entrada de cerca de 13 mil dispositivos

Envolvidos na organização – mais de 3.000 pessoas

 

– Outros Números

Patrocinadores, Apoiadores e Media Partners – 109 empresas

Comunidades – 76

Jornalistas, blogueiros e profissionais de imprensa cadastrados para cobertura – Mais de 700

 

– Programa Campus Future
– 40 projetos unversitários selecionados para participar do programa


– Programa Startup&Makers Camp

4 eventos em um: Startup & Makers Expo, Mentorias, Palco S&M e Workshops S&M

– Selecionados para a Campus Party Brasil: 160 startups (80 growth stage, 80 early stage) com pelo menos um representante dos estados: BA, RJ, MA, MG, AM, BA, CE, DF, PE, ES, PR, RS, e SP
– Mais de 45 horas de atividades e 90 palestrantes